terça-feira, 7 de abril de 2009

Empreendedor x Empresário

Recentemente participei de uma entrevista sobre empreendedorismo e percebi uma falha na entrevista: Acreditar que para ser empreendedor tem que ter empresa.

Pelo visto estão esquecendo as características de um empreendedor e “mesclando” pela visão do empresário. Já cheguei a ouvir que é bonita a visão do empresário, passa uma imagem importante, uma pessoa madura, centralizada em seus pensamentos e outros adjetivos que elevam a qualidade do sujeito. Quem dera se todos fossem assim, conheço muitos empresários que não conseguem ver uma máquina de fazer dinheiro abaixo do seu nariz. Ficam se apoiando em outras pessoas e se vangloriando por ter feito nada.

Assim, acredito que no momento em que você conseguir separar essas duas visões de empresário e empreendedor, irá perceber um empresário de sucesso e ou um empreendedor de sucesso.

“todo empresário é um empreendedor, mas nem todo empreendedor é um empresário”. Antonio Carlos Gomes da Costa.

O que ele quis dizer com isso? Simples, está falando de dois tipos de empreendedor:

1. Empreendedor empresário,
2. Empreendedor empregado.

Isso mesmo, empreendedor empregado. Aquele empreendedor interno, mas antes você precisa saber uma coisa bem simples que resume o que é um empreendedor: ATITUDE. Você deve estar se perguntando se é tão simples assim. Não, não é simples. Dentro de uma organização se você parar 10 minutos e andar por ela irá encontrar muitos erros e o que você irá fazer com esses erros?
a) Ignorá-los, afinal a empresa não é sua.
b) Converter esses erros em energias negativas e guardar para si.
c) Avisar ao setor de RH ou ao dono da empresa.
d) Tentar corrigir o que eu posso e avisar ao dono da empresa dos outros erros.

Se você analisar essas opções de uma forma “fria”, nenhuma delas está errada se quiser adotar como escolha, mas se você quer se tornar um empreendedor interno, eu escolheria a alternativa “d”, caso não seja possível escolheria a “c”.



Você pode estar questionando a forma de eu colocar somente duas categorias como empreendedor. Ótimo! Isso é atitude. Procure conhecer outras visões e crie a sua, tenho certeza que será satisfatório pra você no final.


Links que podem lhe ajudar: 5 passos para crescer na sua empresa e Sua empresa valoriza o funcionário.