segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Ano Novo Metas Novas

.

O ano de 2009 está acabando. Momento ideal para revermos as metas que traçamos para 2009. Qual foi alcançada?! Qual não foi e por quê?

Depois dessa reflexão é só traçarmos as metas para 2010. Lembrando que essas metas devem ser mensuráveis, ter deadline e serem desafiadoras.

Desejo um FELIZ ANO NOVO!

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

De empregado a DONO- segundo passo

No post De empregado a DONO – primeiro passo, eu coloquei o ponto inicial para começar a trabalhar a idéia de construir uma empresa. Ok?!

Agora vamos falar alguns outros pontos que também vão lhe ajudar no inicio da aplicação de sua idéia de projeto na sua empresa que está começando agora:

1. Organizando Pensamentos

É normal desejar que sua empresa faça tudo, mas saiba que no fim ele não vai fazer nada. A palavra-chave aí será FOCO. Você precisa escrever tudo que você desejaria fazer. Aconselho fazer um brainstorm mesmo. Escreva tudo que você deseja realizar, quais áreas do mercado você acredita ser promissora. Não se desespere se sua lista ficar muito grande.

2. Pesquisas – seja um Sherlock Holmes

Agora que você tem todas as idéias em um papel do que desejaria realizar, coloque ao lado dessas idéias as pessoas que você poderia conversar sobre esse mercado. Caso você não consiga descobrir ninguém para conversar coloque em uma lista de espera. Pesquise tudo que você puder sobre o mercado passado ( pode lhe dizer muita coisa), o presente e qual são as expectativas para o futuro.
Para aqueles que você não conseguiu ninguém, pergunte para as pessoas que você foi entrevistar se elas não conhecem alguém que possa lhe ajudar com outras áreas que você desejaria atuar. Caso não consiga, procure o SEBRAE da sua cidade.

3. Organizando as pesquisas


Após todas as entrevistas e pesquisas de mercado, separe em três blocos aqueles que você  percebeu ser promissor, temporário ou desastre (os nomes podem ser outros, mas tem que seguir esse pensamento).
Feito isso, veja quais as idéias promissoras que você conseguiria realizar sem um custo alto de dinheiro e tempo. Nesse momento você irá perceber que um entre todos irá se destacar. Pegue esse que se destacou e faça uma pesquisa mais elaborada no mercado, inclusive você deve envolver possíveis clientes seus e ou dos seus possíveis concorrentes.

4. Já decide o que fazer

Agora que você decidiu o que fazer, está na hora de estudar como fazer. Mas isso eu vou deixar para um próximo post.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Novidade na busca do Google

O Google está testando uma nova forma de fazer busca pelo seu sistema. Através de uma imagem ou por voz. Infelizmente só quem tem o celular com o sistema Android poderá testar nessa fase. Abaixo você pode conferir a matéria toda:

O Google liberou um recurso, ainda em fase de testes, que permite fazer buscas na internet por comandos de voz e a partir de fotografias tiradas de um celular.

A característica desenvolvida pelo Google Labs está disponível, inicialmente, apenas para usuários de smartphones com Android. Chamado de Google Goggles, o sistema é capaz de reconhecer comandos em mandarim, inglês e japonês para buscas por voz.

Assim, ao dizer frases como “How is the weather in New York?” ou “Picasso paints”, o Goggles retorna resultados para previsão do tempo em Nova York ou sites que exploram as pinturas de Picasso, respectivamente.

Além de permitir buscas por comandos de voz, o recurso libera buscas a partir de fotografias – usando ou não ferramentas de localização geográfica. Assim, por exemplo, é possível tirar uma foto da capa de um livro ou de uma pintura famosa e receber no celular os resultados de busca para aquele título de livro ou aquela pintura.

Há ainda a opção de habilitar dados geográficos, se seu smartphone tiver GPS embutido. Desse modo, ao fotografar um monumento histórico ou um restaurante numa cidade, o usuário recebe informações da busca do Google sobre o monumento ou restaurante.

O Google liberou um vídeo para explicar como funciona o recurso, que ainda está em base beta. Segundo os desenvolvedores do Goggles, a ideia é que no futuro o recurso tenha uma base de dados muito ampla, capaz de reconhecer mais idiomas em buscas por voz e mais categorias em buscas por fotos.

Atualmente, livros, obras de arte, monumentos históricos e construções urbanas como prédios e casas podem ser reconhecidos pelo Goggles. Mas fotos de carros, plantas ou animais ainda não são identificadas.

Link da matéria.